Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘trocas no Recife’ Category

O Felipe  trocou pelo piercing que usava em sua lingua.

Anúncios

Read Full Post »

A Jô é vendedora numa barraca do mercado central (São José) de Recife e sua troca foi uma pulseira de palha com um búzio. A pulseira é um dos objetos vendidos por ela em sua banca.

Read Full Post »

Recife, SPA das artes 2010.

Troquei pela oportunidade de compartilhar uma experiência artística viajante.

Caminhar desde a Ponte Velha até o aeroporto durante a madrugada.

Paulo Nazareth, mineiro de Governador Valadares, estava em recife participando do SPA com uma ação que partia do princípio de nunca utilizar veículos terrestre, ou seja, ele ficou andando por Recife a pé durante uma semana, com um carrinho de carga onde levava suas coisas.

No dia 18 de setembro ele tinha que pegar o avião de volta para Minas, que saía do Aeroporto Internacional do Recife/ Guararapes – Gilberto Freyre, às 05:30hs.

O embarque estava previsto para 04:50 e ele deveria estar no aeroporto 04:00.

Quando conversamos com ele sobre o moitará, ele sugeriu que nós o acompanhássemos em sua caminhada final e eu de pronto aceitei a troca com cara de desafio.

Marcamos 01:15 na Ponte Velha

Então, na madrugada do dia 18, às 01:18hs encontrei ele de pé no meio da ponte com seu carrinho. Sem muitas palavras começamos a caminhar, não sabíamos exatamente a distância que teríamos que percorrer e por isso precisávamos ter tempo de sobra.

Estimamos uns 13km, teríamos até 3 horas para fazer.

Saímos da Ponte Velha, passamos pela Casa de Cultura, seguimos até a Av. Dantas Barreto, pegamos a Av. Sul e fomos até a rua Capitão Temudo para pegar a ponte Governador Agamenom Magalhães que atravessa a Bacia do Pina, seguimos em frente pela Av. Engenheiro Antônio Góes até chegarmos ao começinho da Av. Boa Viagem bem perto de Brasília Teimosa, seguimos então pela praia todo o Pina e Boa Viagem até a rua Ribeiro de Brito e pegamos uma reta pra dentro, atravessando o rio Moxotó até o aeroporto.

Fomos conversando muito, falando da vida, trabalhos, encontros, mas também haviam longos momentos de silêncio acompanhados pelo constante ritmo de nossos passos.

Chegamos lá às 03:29, meia hora antes do previsto.

vôo 1731.

Ele chegou no checkin com um saco de pano, um engradado e um carrinho e a moça do guichê implicou dizendo que ele precisava ter uma mala para a bagagem. Obrigou ele a assinar um documento que retirava as responsabilidades da companhia aérea sobre sua bagagem por não estar de acordo com as normas.

Depois do checkin sentamos em um banco e conversamos mais um pouco e quando chegou na hora do embarque, tirei o moitará do meu pescoço, onde estava desde o início da noite, e entreguei para ele, ele botou em seu pescoço junto com sua carteira de identidade, me agradeceu pela companhia e nos abraçamos. Acompanhei-o até a porta de embarque e nos despedimos.

Eram 5 horas da manhã, já estava clareando e peguei um taxi de volta a praia de Boa viagem, havia combinado com o OPA! de nos encontrarmos na praia de manhã. quando cheguei na areia vi um grupo de terceira idade fazendo hidroginástica numa piscina natural formada pelos arrecifes, um dia lindo despontava no céu, pedi para um senhor que estava lendo na areia ver minhas coisas, tirei a roupa e fui dar um mergulho de cueca próximo aos velhinhos, o sol dourava as águas quentes de Boa Viagem e nem sinal de tubarão. quando voltei para areia olhei meu relógio e já era 06:30, fiquei em pé até me secar e nesse meio tempo o senhor que estava lendo se levantou e me entregou uma oração dizendo que havia simpatizado comigo. Li a oração e fui andando pela praia. Estava absolutamente realizado, em plena paz de espírito e muito cansado.

Próximo das 7 horas caí na areia da praia e apaguei por completo até acordar com um sol de 09:30 me queimando a pele. Fiquei todo vermelho queimado e ardido com a marca da camisa regata que estava usando.

Valeu Nazareth!

saudades!

 

Read Full Post »

Recife, SPA das artes 2010

17 de setembro de 2010, Pátio de São Pedro.

– HOJE É PRECISO SER ÁRVORE!

Estavámos bebendo com amigos no Pátio de São Pedro depois da abertura da exposição no MAMAM do Pátio, e começou um show de rock meio universitário.

Encontramos um pessoal jovem e simpático fumando um e começamos a conversar. Depois de um tempo fumando começamos a falar do moitará e Memeto exclamou:

– Hoje é preciso ser árvore!

Memeto é artista plástico e faz parte do coletivo Casa de Marimbondo.

Quando ele exclamou a frase percebi que estava emocionado e em seguida contou que há uma semana um amigo seu de 22 anos havia morrido de leptospirose em Recife.

Percebi uma profunda tristeza misturada com revolta.

– Essa cidade é muito suja e é muito concreto e é por tudo isso que hoje é preciso ser árvore!

 

 

Read Full Post »

Recife, SPA das artes 2010.

Pátio de São Pedro.

Romualdo trocou por guardar nossas bicicletas por uma noite num sobrado da Guarda Municipal no Pátio de São Pedro.

Já estávamos há 5 dias só andando de bicicleta, e naquela noite queríamos ir para um lugar longe sem as bicicletas.

Queríamos deixar tudo no MAMAM do Pátio mas o museu não abria no dia seguinte e elas ficariam presas.

Foi então que o vigia do MAMAM, Romualdo, disse que poderia dar um jeito pois ele era amigo dos guardas municipais que ficam em um outro sobrado do Pátio e que sempre tem alguem lá.

Deixamos as bicicletas com os guardas e buscamos no dia seguinte.

E assim, pela desenvoltura e parceria, pela gambiarra que salvou a noite, trocamos o 864.

Read Full Post »

Recife, SPA das artes 2010.

Pátio de São Pedro.

Trocou pelo ingresso do Guggenheim Museum e pelas memórias da viagem.

“Pra ser bem sincera nunca quis ir nos EUA. Mas, quando comecei a trabalhar com arte (em museus de arte especificamente contemporânea) comecei a desejar pisar naquele país. Não pelo país! Passei um tempo juntando uma graninha, e desejando conhecer o MOMA, Guggenheim, e outros museus. O ‘fetiche’ de ver ao vivo meus artistas favoritos, os que não entravam na minha lista de favoritos e outros que nunca ouvi falar me moveram por algum tempo, e me fez alimentar meu Pig Bank.

Enfim, fui pros US, pra NYcity e lá estava eu, NY, NY…

Passei 4 dias em Jersey e atravessava todo dia para NY.

Dias corridos,

Voltei apaixonada, por NY e pelos meus fetiches de sempre.

O país, ah, o país… pra mim tudo na mesma.”

 

 

Read Full Post »

Recife, SPA das artes 2010.

Mercado de São José, 17 de setembro de 2010.

Queríamos comprar 60 redes para fazer intervenções no Rio de Janeiro e como estávamos no Recife resolvemos comprar no Mercado de São José.

Fizemos algumas pesquisas de preço e chegamos ao Marcondes, garoto moço que gerencia 3 lojas de rede junto com o pai , tio, e irmãos no mercado.

Por toda a divertida negociação das 60 redes, pelos descontos, brindes, bom papo e simpatia e por todas as lembranças que levamos deste momento junto com as redes, fizemos a troca.

marcondes.chacal@hotmail.com

Read Full Post »

Older Posts »